Páginas

31 de jul de 2010

PREPARATIVOS PRO MEU NIVER

Oi galera, bom dia!!! Olha estou feliz de mais da conta (como diriam os mineiros de plantão rsrsrsrs), ontem foi o dia que comemorei meu niver, pq faço aniversário dia 27/07. Foi maravilhoso, claro que senti falta de algumas pessoas muito queridas, mas fiquei satisfeitíssima com os que estiveram presentes, pra variar foi uma farra né rsrsrs...

Quando pensei em comemorar meu niver, não ia fazer nada de mais, só um bolo, refrigerante e pronto... mas na hora que estava com minha mãe fazendo as compras me veio um click, dai minha cabeça "inventiva" começou a processar um monte de coisinhas legais que poderia fazer e que ficariam legais, bonitas e sem gastar mto né rsrsrsrs... dai virou isso, fiz uma festa roxa, branca e lilás - cheia de balões, fitilhos, borboletas e muita reciclagem.

Vou mostrar algumas coisinhas que preparamos (eu, Isa e minha mãe) para esse momento tão gostoso e depois que arrumar editar - ops contei hehehe - as fotos, mostro tudinho na integra kkkkkkkkkkkkk...

Arranjo pra mesa
A bola do meu sobrinho coberta com papel de seda daqueles que vem em caixa de sapato mesmo rsrsrs... Várias borboletas de papel que sobraram do retalho das lembrançinhas da minha cunhada e coladas. Tubo de rolo de papel toalha coberto com papel A4 e depois enrolado com fita roxa. Garrafa pet recortada envolta em TNT e papel salofane, cheia de brita, mas por cima pedrinhas de aquário roxa e um laçarote de fita de cetim lilás.

Aqui o arranjo na mesa do bolo, junto como bolo ATROPELADO. Na mesa só coloquei um pedaço de TNT lilás por baixo e uma toalha de renda que já tínhamos em casa.

Resolvi fazer um potinho de pet para que os convidados deixassem recadinhos espontâneamente kkkk para a aniversariante rsrsrsrs... Depois mostro os recadinhos, que carinho, cada coisa linda.

Pote de Mensagens
Uma garrafa pet recortada. Etiqueta explicativa e decorativa - com direito a laçinhos e borboleta. Na lateral prendi com fita dupla face uma caixinha roxa daquelas que vem com amostra grátis da natura e dentro deixei uma caneta para que eles escrevessem as mensagens. Dentro do pote, havia pedacinhos de papel A4, recortados e carimbados com borboletas.

Este porta guardanapo é de inox, forrei com cartolina roxa e colei essa florzinha de tecido.

Agora o porta-guardanapo junto com a espátula do bolo e o isqueiro.
Ah... deixa eu contar um segredinho, o isqueiro é laranja, mas cm laranja não tem nada a ver com a festa (que a Mag me desculpe, pois sei que ela ama laranja), resolvi cobri-lo com roxo e coloquei um laçinho branco. Fala verdade, num ficou lindo?! rsrsrsrs...

Eu não ia fazer lembrançinha, a final de contas era uma coisa simples lembram?! Mas quando vi essas xícaras em miniatura não resisti. Comprei várias, coloquei uma borboleta, um laço de fita branca e escrevi meu nome e data. Os convidados amaram, queriam levar um monte (por que tudo é motivo para eles fazerem bagunça né kkkkk)

Aqui elas todas arrumadinhas no aparador.

Gente... esse bolo foi uma piada, ele ficou mto gostoso (dizem) rsrsrs, mas ficou parecendo que havia sido atropelado, ficou torto, um lado mais baixo q o outro kkkk, ficou mto engraçado. Tentei tirar uma foto de lado pra ver se ficava mais ou menos bonitinho - pelo menos na foto né rsrsrsrs... mas num deu certo.

A frase de FELIZ ANIVERSÁRIO era da moranguinho que a Roberta (amiga da Taninha) me emprestou. Reciclei também, na foto da moranguinho colei uma pedaço de papel roxo e uma flor de tecido por cima. Na do meio colei duas borboletas.

Acho que nessa foto aqui dá pra ver um pouquinho melhor hehehe, mas ficou legal, fala verdade!!! rsrs
Os balões que eu sempre quis ter pendurados no teto com fitilhos amarrados. Sabe quem encheu todos os balões? A Isa, ela mesmo!!! Me ajudou pra caramba, ela e minha mãe foram as minhas assistentes oficiais rsrsrs...

Aqui a foto dos balões com as flores de balão também, porém... sem convidados.

Vocês todos já estão cansados de saber que eu amo a Isa e a Isa me ama né! Pois bem, sabendo que a minha festa seria lilás, roxo e branco, ela resolveu fazer um "mural" como ela chamou rsrrsrs, pra eu colocar na decoração e é claro que a tia babona coloquei né. Olha a cara dela que coisa mais linda e fofa rsrsrsrs...

Aqui o mural de perto - ainda me pediu pra ajudar a colar esse pedaço roxo pra ficar tudo bem combinando com a festa rsrsrsrs...

Encomendas e orçamentos pelo email - karla.laura@hotmail.comBom... acho que é mais ou menos isso. Se eu esqueci de mostrar alguma coisa, posto depois.




Obrigada a todos, fiquem com Deus e até breve!!!

29 de jul de 2010

Pequenas/Grandes coisas da vida!!!


Hoje estou preparando uma festinha surpresa pra mim mesma que acontecerá amanhã aqui na minha casa de Betim rsrsrsrs... algo pequeno e simples só pra receber algumas pessoas... então passei rapidinho só pra deixar uma msg de reflexão e desejar um ótimo dia a todos.

Bjinhos e até mais

28 de jul de 2010

POTE DE SORVETE

Olá galera, como têm passado?

Outro dia mostrei aqui dois porta-trecos que fiz verde e branco. Agora resolvi customizar um pote branco de sorvete, para aos poucos... conseguir organizar meu cantinho de trabalho, lazer e outros rsrsrs...

Materiais utilizados:
  • um pote de sorvete
  • uma flor feita de tecido
  • uma flor utilizada em bijouterias
  • fita verde
  • pedaço de malha (igual ao usado nos porta-trecos)
  • passa-fita
  • pedaço de caixa de pizza (forrado com a malha)
  • cola branco do rótulo azul
  • cola quente 

Esta foto está mais escura pq tirei à noite

Aqui visto de cima. Fala verdade, ficou lindo d+ num ficou?! rsrsrs...

Beijos, tenham um bom dia e até breve com mais criações. Por que graças a Deus, nestes dias em que estou de férias da faculdade (faço pós-graduação) tenho tido mais tempo livre para criar, inventar e sonhar... affe coisa boa né rsrsrrs...

27 de jul de 2010

ANIVERSÁRIO

Bom, já disse um milhão de vezes que hoje é meu ANIVERSÁRIO e, já disse tmb que não tenho problema com essa data, a não ser com os números que me são acrescentados tds os anos, mas vamo deixar isso pra lá rsrsrsrsrs...

Meu namorado precisou vir buscar algumas coisas aqui na minha casa em Betim (onde estou temporariamente) e dormiu aqui, logo... pela manhã estavam ele e minha mãe comigo, no meu niver... ai que coisa boa...

Gosto de presentes sim, claro pq num sou boba nem nada né rsrsrs... e estou bem vivinha da silva, porém as demonstrações de amor, carinho e as pessoas que Deus tem colocado ao meu lado, são realmente VERDADEIROS PRESENTES.

Bjinhos e até mais um post...

Inspirações para novo visu do meu quarto

 Hoje é meu aniversário eeeeeeeeeeeeeeeeeeee, dia de festa com certeza, então... como não sou boba nem nada, tratei logo de me dar alguns presentinhos. Fiz algumas modificações no meu quarto e gostaria de mostrar um pouco de cm está ficando. Espero que gostem e aceito sugestões.

 Está é a visão de cima; da cama, do painel inacabado, das almofadas provisórias e da mesinha de canto. Fiquem tranqüilos, que a medida que for ficando pronto eu vou mostrando...

A mesinha de canto, montei com um banco de madeira, forrado com uma blusa de lã roxa por baixo (que ia pra doação), uma toalha de crochê por cima, dois copinhos de R$ 1,00 cada, um copo maior com pedrinha de aquário branca, galhos secos com borboletas coladas.
 

Aqui o detalhe do copo, ah... esqueci de falar das pedrinhas de vidro verde e roxa e da foto da lindona aqui né rsrsrsrs...
 

Ao lado da minha cama tem um rack que era da sala, como trocamos por um novo, este veio p o meu quarto da casa de Betim p guardar minhas coisas de artesanato. Estou montando um painel nas costas dele. Acima, bem acima... está o Fredinho, meu peixe que já citei aqui em outros momentos...

Uma visão da arranjo de galhos secos e do negócio pendurado na cama que esqueci o nome rsrsrsrs... com uma flor de viés, fitas e botão.

Aqui o detalhe, eu ganhei esse negócio de uma vizinha da minha mãe que sabe q eu guardo quase tudo... estava guardado e resolvi pendurar aqui. O que vcs acharam? Deixo ou tiro?

Bom, espero que tenham gostado dos meus PRESENTES feito por mim, se quiserem saber mais sobre qualquer coisa que não foi bem explicada, ou fazer sugestões sobre algo que devo colocar ou retirar... por favor, é só me falar por aki ou por email  (karla.laura@hotmail.com).

Bjinhos, fiquem com Deus e feliz aniversário pra mim!!!kkkkkk


26 de jul de 2010

ANIVERSÁRIO


Quem faz aniversário amanhã põe a mão aqui rsrsrsrsrsrs... Eeeeeeeuuuuuuuuu!!!

Gente, amanhã eu faço mais um aniversário (se alguém perguntar quantos anos eu vou fazer, eu juro que mando matar!!!) kkkkk, mando nada... rsrsrsrs...

Gosto mto de fazer aniversário, fico feliz, recebo várias demonstrações de carinhos, pessoas queridas por perto, algumas mto queridas tmb não tão perto, mas... vou levando, caminhando e crescendo.

Tenham um excelente dia na paz do Senhor e, que Ele nos conceda uma semana maravilhosa e abençoada!!!

"Visto que andamos por fé e não pelo que vemos." II Coríntios 5:7

22 de jul de 2010

CONFLITOS ESPIRITUAIS

“Em todas estas cousas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.”                  Romanos 8:37

No post anterior escrevi sobre minha "cagada" e agora - só pra completar - este texto me caiu como uma luva.

Temos mais do que vitória. Nosso triunfo é completo. Não somente escapamos da derrota, mas também destruímos os nossos inimigos e ganhamos um despojo tão valioso que podemos agradecer a Deus pela batalha. Como nos tornamos “mais que vencedores”? Adquirindo durante o conflito uma disciplina que fortalecerá muito a nossa fé e consolidara o nosso caráter espiritual.

A tentação é necessária para nos firmar e confirmar na vida espiritual. É como o fogo para as cores de uma pintura em porcelana, como os ventos que ao baterem de encontro aos cedros, levam-nos a fixar-se no solo. Nossos conflitos espirituais devem ser contados entre as mais preciosas bênçãos, e o grande adversário é usado para nos treinar para sua própria derrota.

A tentação enfrentada vitoriosamente redobra-nos as forças e as reservas espirituais. Podemos, assim, não apenas derrotar o inimigo, como também capturá-lo e fazê-lo combater em nossas fileiras. O marinheiro sábio usa o vendaval para avançar, manobrando e aproveitando o seu impulso, assim também nos é possível na vida espiritual – pela graça de Deus – tirar proveito de fatos e circunstâncias que parecem ser os mais desagradáveis e adversos. E dizermos posteriormente: “As coisas que me aconteceram têm antes contribuído para o progresso do evangelho.” – Life More Abundanly

Não devemos pensar que comodidade e segurança são as condições mais favoráveis para nossa vida, no entanto todos os homens nobres e vitoriosos provam que a resistência nas adversidades é que molda os homens de caráter e distingue uma mera existência de uma vida vigorosa. As dificuldades formam o caráter.

“Mas graças a Deus que sempre nos conduz em triunfo no Ungido, e manifesta por meio de nós a fragrância do conhecimento Dele, em todo lugar.” II Co 2:14

Fonte: Mananciais no Deserto – Lettie Cowman

Tenham todos um excelente dia e até breve!!!

16 de jul de 2010

Faça uma Lista...

Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos
Quantos você ainda vê todo dia
Quantos você já não encontra mais

Faça uma lista dos sonhos que tinha
Quantos você desistiu de sonhar
Quantos amores jurados pra sempre
Quantos você conseguiu preservar


Onde você ainda se reconhece
Na foto passada ou no espelho de agora
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você perdeu na caminhada jogou fora?

Quantos mistérios que você sondava
Quantos você conseguiu entender?
Quantos defeitos sanados com o tempo
Eram o melhor que havia em você

Quantas mentiras você condenava
Quantas você teve que cometer
Quantas canções que você não cantava
Hoje assobia pra sobreviver

Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você

Façam sua lista, reflitam e tenham uma ótima vida!!!

15 de jul de 2010

OS TÍTULOS

Certo dia, uma mulher chamada Anne foi renovar sua carteira de motorista. Quando lhe perguntaram qual era sua profissão, ela hesitou, pois não sabia bem como se classificar. O funcionário insistiu: “o que eu pergunto é se tem trabalho?”. “Claro que tenho um trabalho!”, exclamou Anne. “SOU MÃE!” Nós não consideramos “isso” como trabalho. Vou colocar dona de casa, disse o funcionário friamente.

Uma amiga de Anne, chamada Marta soube do ocorrido e ficou pensando a respeito algum tempo. Num determinado dia, ela se encontrou numa situação idêntica. A pessoa que a atendeu era uma funcionária de carreira, segura e eficiente. O formulário parecia enorme e interminável. A primeira pergunta foi: “Qual é a sua ocupação?” Marta pensou um pouco e sem saber bem como, respondeu “Sou doutora em desenvolvimento infantil e em relações humanas.” A funcionária fez uma pausa e Marta precisou repetir pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas.

Depois de ter anotado tudo, a jovem ousou indagar: “Posso perguntar o que é que a senhora faz exatamente?” sem qualquer traço de agitação na voz, com muita calma, Marta explicou: “Desenvolvo um programa à longo prazo, dentro e fora de casa.” Pensando na sua família, ela continuou: “sou responsável por uma equipe e já recebi quatro projetos. Trabalho em regime de dedicação exclusiva. O grau de exigência é de 14 horas por dia, às vezes até 24 horas.” À medida que ia descrevendo suas responsabilidades, Marta notou o crescente tom de respeito na voz da funcionária, que preencheu todo o formulário com os dados fornecidos.

Quando voltou para casa, Marta foi recebida por sua equipe: uma menina de 13 anos, outra com 7 e outra com 3. Entrando um pouco mais, ela pode ouvir seu mais novo projeto, um bebê de 6 meses, testando uma nova tonalidade de voz. Feliz Marta tomou o bebê nos braços e pensou na glória da maternidade, com suas multiplicadas responsabilidades e horas intermináveis de dedicação. Sentada na cama pensou... “Se eu sou doutora em desenvolvimento infantil e em relações humanas, o que seriam as avós?” E logo descobriu um título para elas: doutoras-sênior em desenvolvimento infantil e em relações humanas. As bisavós doutoras executivas-sênior e as tias, doutoras assistentes. E todas as mulheres, mães, esposas, amigas e companheiras: doutoras na arte de fazer a vida melhor!!!

Num mundo em que se dá tanta importância aos títulos, em que se exige sempre maior especialização, na área profissional, torne-se um especialista na arte de amar!!!

Beijinhos e até breve, se Deus quiser!!!

Jornal Informativo - Pr. Vanderlei Miranda

7 de jul de 2010

Fazer o BEM sem olhar a QUEM

Ja falei aqui no blog sobre AJUDA INCONDICIONAL, de experiênciar o verdadeiro significado de fazer o bem, é algo tão sobrenatural quanto humano e nos leva a ver Deus nos pequenos gestos humanos.

Ontem o Rick estava me levando pra Santa Luzia e pela segunda vez a gasolina do carro acabou - por imprudência e não falta de grana - mas tudo bem... voltando ao cerne da história... o carro ainda andou alguns metros até pararmos de vez e, pra melhorar as coisas o Rick parou na contra mão, por que a rua estava em obra e ele achou que este lado da via estava interditada.

Descemos do carro e imediatamente parou um jovem de moto que nos ofereceu ajuda. Perguntou se estávamos bem, se ele poderia fazer algo pra ajudar, empurrou o carro com o Rick até o acostamento, se ofereceu para ir buscar gasolina em um posto próximo dali e ainda nos deixou seu óculos escuro como garantia de que iria voltar.

Isso me fez lembrar de uma crônica que li há mtooooo tempo atrás e ainda hoje me faz refletir.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
FAZER O BEM SEM OLHAR A QUEM...
Uma mulher, no volante de um automóvel vermelho parou no pedágio da ponte da Baía de São Francisco – Oakland e disse com um sorriso: “quero pagar o meu e o dos seis carros que estão atrás de mim”. Um após outro, os seis motoristas seguintes foram chegando ao posto de cobrança com o dinheiro na mão e ouvindo a mesma coisa do funcionário: “seu pedágio foi pago por uma senhora que já passou. Muito bom dia”. A tal senhora tinha lido uma nota colada na geladeira de um amigo:

“FAÇA O BEM SEM OLHAR A QUEM,
PRATICANDO ATOS IRREFLETIDOS DE BELEZA”.

Essas palavras ficaram-lhe na mente enquanto as copiava. Judy Foreman leu a mesma frase na parede de um armazém a 120 km de sua casa em São Francisco. Como não conseguia esquecê-la, fez todo o percurso de volta para tomar nota dela com precisão. “Achei-a muito bonita”, disse, justificando o fato de escrevê-la no início de todas as suas cartas. “É como uma mensagem dos céus”.

Frank, seu, marido, que é professor, gostou tanto dela também que acabou afixando-a na sala de aula de seus alunos do 7º ano, freqüentado por minha filha. Como trabalho num jornal da região, decidiu publicá-la, porque igualmente me agradou, apesar de desconhecer sua origem ou seu verdadeiro significado.

Dois dias mais tarde, soube que Anne Herbert, uma escritora de 40 anos, depois de remoer a frase durante alguns dias, a tinha escrito de repente na toalha do restaurante.

“A idéia é a seguinte”, disse ela. “Se você acha que determinada coisa devia acontecer com mais freqüência, vá fazendo-a ao acaso. Tal como a violência, também na gentileza pode criar raízes e aumentar”.

A mensagem está se espalhando por todo lado, em adesivos de pára-choques, pelas paredes e em cartões de empresas. E, à medida que vai se tornando conhecida, o mesmo sucede com a visão guerrilheira da bondade. Um transeunte pode colocar na hora precisa uma moeda no paquímetro de um desconhecido. Um grupo de pessoas munido de baldes e esfregões pode chegar a uma casa degradada e limpá-la de cima a baixo perante o olhar estarrecido dos velhos proprietários. Os atos irrefletidos de beleza propagam-se. Alguém planta narcisos no acostamento de uma estrada. Um zeloso cidadão percorre as ruas recolhendo lixo.

Um estudante remove pichações num banco de jardim. É uma anarquia positiva, uma desordem pacífica, uma doce agitação. Há quem diga que é impossível sorrirmos sem nos alegrarmos. Do mesmo modo, não podemos fazer algo belo sem sentirmos os nossos problemas um pouco mais suavizados, porque o mundo se tornou de fato um lugar um pouco melhor. E não podemos ser beneficiários sem sentir uma agradável surpresa.

Se você fosse uma das pessoas cujo pedágio tivesse sido pago, quem sabe o que não se teria lembrado de fazer por outra pessoa. Como todas as revoluções, a guerrilha da bondade começa lentamente por um ato isolado.
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Confesso que quando vi o rapaz se aproximar e oferecer ajuda, fiquei "um pouco'' desconfiada, mas depois que se ofereceu para ir buscar o combustível, levando nosso dinheiro pra comprá-lo, ai sim fiquei "totalmente" desconfiada.
 
Naquele momento, o rapaz estava fazendo sua parte - algo belo e prazeroso - quem sabe... refletindo sobre seus problemas ou não... só queria o prazer de estar beneficiando pessoas incondicionalmente.
 
Fiquei mto envergonhada, assim que entrei no carro pedi perdão a Deus, mas não pude fazer o mesmo com o rapaz, pois ele saiu tão rápido quanto chegou, nem deu tmp de perguntar seu nome, somente agradecemos de longe e ele se foi. Com o coração alegre, satisfeito e com a certeza de que realizou uma bela ação!!!
 
TOMEMOS ENTÃO A INCIATIVA!!!
Bjs e até breve!!!

6 de jul de 2010

CONSTRANGIMENTO EM PESSOA - Isabela minha sobrinha

Primeiros trabalhos artísticos da Isa e mais demonstrações de afeto

Eu já falei algumas vezes aqui sobre a Isa, minha sobrinha de 5 anos de idade, como diria Pr. João - ela é um constrangimento em pessoa de tanto carinho...

No mês de abril eu cheguei a Betim e encontrei na minha mesa esta folha, ela chama de “carstinha” rsrsrsrs... ela me vê mandando cartas escritas a mão para meus amigos e escrevendo e colando mil coisas na minha agenda - daí teve a idéia de fazer uma pra eu colar nela tmb e deixou “escondida” pra que eu encontrasse quando chegasse de Santa Luzia.  E eu colei mesmo!!! rsrsrs...

Quase todas as vezes que ela fica com minha mãe,  deixa alguma surpresa pra qdo eu chegar achar. Desta vez ela reciclou uma garrafa pet, como eu fiz com algumas e junto fez um cartão, que segundo ela é igual aos que eu faço! Aaaaaaaaaaaiii tenho vontade de socar essa menina rsrsrsrs... de tão fofa e inteligente, ela é muito kerida, além de dizer que é minha Karlinha, agora faz artesanato também rsrsrs...

Este aqui foi o que eu fiz e ela copiou

Bom... essa é a minha Isa, doce e carinhosa!

Bjs e até breve!!!

1 de jul de 2010

PATRIOTISMO

Eu gosto de Copa do mundo, acho legal todo mundo ligado, gosto das casas enfeitadas, das pessoas caracterizadas, com o mesmo objetivo e torcendo pra que o Brasil vença. Alguns reclamam dizem que não estão nem ai, mas não hora do jogo... todos uniformizados (verde, amarelo, azul e branco), torcendo, vibrando, se chateando, gritando e gritando rsrsrs... Apesar desta beleza, fico a pensar no patriotismo - sentimento maior de amor à nossa pátria, aos seus símbolos (bandeira, hino, brasão). 

Gostaria muito que essa motivação toda não fosse somente de quatro em quatro anos. Que pessoas gritando BRASIL acontecesse em outras épocas. Que chorar pelo país embrulhado numa bandeira fosse uma cena freqüente, não apenas na copa do mundo.

Deveríamos pensar não somente no momento “copa” e seus acontecimentos, mas também, no que não é feito em outros momentos. Alguns podem dizer que é pelo fato da copa do mundo ser um evento que acontece poucas vezes e que é visto mundialmente, mas aí eu penso em tantos outros eventos que deveriam ser admirados e consagrados tanto quanto este. Por que não vestimos verde e amarelo nas olimpíadas? Por que não fazemos aquelas maquiagens lindíssimas, nas cores da bandeira, quando a equipe de ginástica artística se apresenta? Se a questão é o tipo de esporte, então eu faço uma última pergunta: Por que não tocamos nossas cornetas e vuvuzelas quando o time feminino de futebol joga nas olimpíadas e dá um show?

Como brasileiros e amantes dessa pátria, devemos sentir orgulho de nosso país, em todos os jogos, em todos os eventos, em toda participação nacional, como a eleição que está chegando, por exemplo. Acho que o patriotismo é uma demonstração belíssima de amor e não deve ser guardada na gaveta com a camisa da seleção por mais quatro anos. Vamos pensar no Brasil como um país cheio de virtudes, como ele realmente é. Amanhã (02/07/2010) é dia de mais um jogo da Copa em que o Brasil vai jogar, vamos não só torcer, mas pedir a Deus que continuemos nesse espírito e que Ele incuta em cada brasileiro um amor com comprometimento. Deus nos deu essa terra, nos plantou aqui e é nossa responsabilidade cuidar de nossa pátria para que nosso patriotismo vá além de vestir verde e amarelo. Estou fazendo minha parte, e incentivo você a fazer a sua!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...