Páginas

26 de set de 2014

Morre lentamente...


Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não arrisca vestir uma cor nova e não fala com quem não conhece.
Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.
Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o escuro ao invés do claro e os pingos nos "is" a um redemoinho de emoções, exatamente a que resgata o brilho nos olhos, o sorriso nos lábios e coração aos tropeços.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto, para ir atrás de um sonho.
Morre lentamente quem não se permite, pelo menos uma vez na vida, ouvir conselhos sensatos.
Morre lentamente quem não viaja, não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da sua má sorte, ou da chuva incessante.
Morre lentamente quem destrói seu amor próprio, quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente quem abandona um projeto antes de iniciá-lo, nunca pergunta sobre um assunto que desconhece e nem responde quando lhe perguntam sobre algo que sabe.

Evitemos a morte em suaves porções, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples ar que respiramos.
Somente com infinita paciência conseguiremos a verdadeira felicidade.


1 de set de 2014

Oportunidades... fique atento


Os tempos estão difíceis, as dificuldades podem ser enormes, mas a vida pode ser bem vivida e a felicidade está em todos os lugares!!!
Estou chegando e ficarei 365 dias com vocês e quero que sejamos felizes, pelo menos por 360 desses dias!!! E para isso vou sugerir pequenas coisas...
Tenham a coragem de sonhar sem medo. E transformem esses sonhos em metas e sejam persistentes para tornar essas metas em realidade.
Sejam pessoas determinadas a construir seus destinos, arquitetar suas vidas, sempre persistentes, com os corações abertos para as mudanças e derrotas, prontos para tirar proveito delas, com as mentes mais abertas ainda, para que percebam todos os pequenos momentos de felicidade que viveremos diariamente.
Sintam prazer no trabalho justamente recompensado e busquem nele, uma porção substancial de realização pessoal. Percebam, na visão e na missão do seu trabalho, um forte impulso para sua própria motivação.
Tenham dignidade e coerência em seus discursos, seus atos, suas crenças e seus valores. Questionem muito, mas não pela simples contestação, mas pela necessidade íntima de só aplicar as melhores idéias.
Sejam parceiros leais e mostrem uma face serena, sem se mostrar superiores nem inferiores, mas... iguais!!! Sejam muito ambiciosos, ávidos por uma vida melhor e sintam orgulho de absorver o novo.
Tenha coragem para abrir caminhos, enfrentar desafios, criar soluções, correr riscos calculados sem medo de errar. E ter ambição para isso, não é um defeito!!!
Busquem pessoas, compartilhem idéias, mas jamais tomem para si o poder!!! Dividam-no!!!
Jamais se empolguem com seu próprio brilho, mas, fiquem eufóricos com o brilho do resultado alcançado em conjunto.
Enxerguem as árvores, mas, observem com atenção a magia da floresta – percebam o todo e a parte menor igualmente.
Criem em torno de si um ambiente de entusiasmo, de liberdade, de responsabilidade, de determinação, de respeito e de amizade.
Sejam ambiciosos, mas com tanta racionalidade compreendam que sua realização pessoal pode depender apenas de uma escolha a mais.


Agarrem as boas oportunidades!!! 
Do seu amigo por um ano... você mesmo!

Autor desconhecido
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...