Páginas

23 de jun de 2010

EMOÇÕES

Restaurando o positivo

Ontem assisti ao filme “A última dança”, este me fez refletir sobre como somos tentados a acreditar nas mentiras que os outros nos dizem e o que diabo fala a nosso respeito, contudo as verdades que Deus afirma a respeito de nós, nosso futuro e vida, não levamos à serio e, se levamos logo nos esquecemos.

O ser humano e mais especificamente AS MULHERES, são guiados por suas emoções. Estas nos foram dadas por Deus e constituem reações espontâneas do nosso cotidiano. Cada pessoa percebe um determinado acontecimento do seu modo, que gera uma emoção que provoca no mínimo três reações: comoção desenfreada, que se torna destrutiva para ela e para os demais; negação da sua validade; direcionamento da emoção de maneira saudável. As emoções em si mesmas, não são boas nem ruins, o problema está nos pensamentos que geram emoções e nos comportamentos delas resultantes.

Como são espontâneas as emoções não duram por longo período, a não ser que sejam nutridas pela mente e pela vontade. São uma luz de advertência para nos lembrar de reexaminar o que estamos pensando. Assim como Paulo não devemos condenar a ira (uma emoção que indica que um limite foi ultrapassado), porém devemos lidar com ela rapidamente. A ira quando somada à magoa e à vergonha, pode transformar-se em AMARGURA e preparar um terreno fértil para outras TENTAÇÕES.

Quando a pessoa se envergonha por ter uma reação emocional, como medo ou ira, sua tendência é proteger-se bloqueando suas emoções e deixando de percebê-las conscientemente. Constrangida pela vergonha, ela é incapaz de expressar a emoção de maneira adequada e saudável. Como as emoções são interligadas, negar emoções dolorosas também significa enterrar as agradáveis e o resultado começa a ser um ENTORPECIMENTO emocional.

A Bíblia nos desafia a identificarmos nossas EMOÇÕES e aprender a CANALIZÁ-LAS para uma atitude positiva. Quando as lembranças dolorosas emergirem, podemos levá-las a Deus para serem curadas e restauradas, permitindo que ele remova a vergonha vinculada a tais lembranças.

DEPOIMENTO PESSOAL

Em maio/2009 fui desafiada por um professor/amigo a apresentar um musical que se chamava “HAIR SPRAY”. Ele queria não só que eu integrasse, mas que fosse uma das protagonistas. Veementemente NEGUEI o convite, arrumei um monte de justificativas, entretanto... todas elas não foram aceitas pelo Felipe Toller (grande homem de Deus que eu admiro d +++++++). Disse a ele que não era boa intérprete, não sabia cantar e não cantaria muito menos em inglês, pois o Musical foi td em inglês. Mais uma vez, ele não aceitou e disse: - VOCÊ VAI FAZER E PRONTO!

Fui pra casa, orar, chorar e brigar com Deus. Perguntava a Ele por que estava fazendo isso comigo. Por que Deus queria que eu passasse vergonha em público. Depois que parei de chorar e me acalmei, o Doce Espírito Santo me confortou, amou e aconselhou. Percebi então que na minha infância e adolescência alguns episódios, eu fui CONSTRANGIDA e ENVERGONHADA publicamente, estes acontecimentos não foram canalizados e eu passei a esconder algumas emoções, não vivenciar outras e TENTAR esquecer mais um monte delas.

Foi então que o Pai entrou com a cura nas minhas EMOÇÕES através deste MUSICAL, tecnicamente não ficou tão bom rsrsrs, mas eu fui lá, dei a cara a tapa, me apresentei, cantei em inglês, interpretei e dancei. Foi ótimo, tive minhas emoções curadas e, toda vez que o diabo vinha tentando me trazer um pensamento doloroso ou lembranças de palavras de baixa auto-estima, eu o repreendia, pedia ajuda a Deus e aos meus amigos que foram incentivadores e muito bondosos comigo. Graças a ajuda deles tmb, consegui vencer mais um obstáculo e continuo perseverando em minha carreira até o final.

Que vocês tenham um dia abençoadíssimo e que suas emoções sejam POSITIVAMENTE CANALIZADAS!

Bjs e até breve!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita. Seu comentário tem grande valor, ele me ajuda a crescer e melhorar!!!

Para receber um orçamento, por favor, deixe seu e-mail, orçamentos não são fornecidos por aqui.

Os comentários serão respondidos aqui mesmo ok?
Volte sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...